Pagamento por fato gerador

Prezados,
Gostaria de conhecer orgãos que já tenham implantado pagamento por fato gerador e já tenham alguma avaliação sobre esta metodologia, incluindo planilhas de controle.
Lara Machado
IFCE/Quixadá

Boa tarde, prezados.

gostaria de reiterar a postagem da nossa amiga.
Wallace A. Santos.

ISB/ UFAM

Olá Lara, você já deu uma lida no Caderno Técnico sobre Fato Gerador do site Compras Governamentais? É bem explicativo! Ocorre que o Fato Gerador pode gerar alguns problemas para o órgão, como necessidade de uma maior fiscalização e problemas com orçamento.

Sei que alguns órgãos já começaram a implementá-lo no final do ano passado. Eu li uns editais mas não os tenho a mão agora. De qualquer modo, basta fazer uma procura no site do ComprasNET e verificar nos editais. É meio trabalhoso, mas eu não sei outro jeito. Se encontrar algum edital entre meus arquivos, eu posto aqui.

Prezada Lara.

Sim, implantamos. Aqui na Reitoria do IFPB, todos os novos contratos com prestação exclusiva de mão de obra, já são pagamento pelo fato gerador. Sobre planilha de controle, utilizamos a própria planilha de custos do contrato, excluindo-se, mensalmente, aqueles custos não incorridos pela contratada no período.