Dúvida: amortização de equipamentos em contratos de prestação de serviços terceirizados

Prezados,
Temos uma dúvida relacionada aos equipamentos disponibilizados em contratos de prestação de serviços terceirizados.

  1. Em um contrato com vigência inicial de 30 meses, a metodologia correta para amortização do valor do equipamento é: R$ total do equipamento / 30?

  2. Na hipótese de prorrogação contratual para mais 30 meses, é correto permanecer a metodologia anterior (claro, se a mesma estiver correta)?

  3. Ao término do contrato, o equipamento será devolvido ou absorvido pela Administração e incorporado ao seu patrimônio?