Plano de Ação em Licitações

Olá,
Alguém tem um plano de ação sobre licitações?
Explico: Nossa equipe é bastante reduzida e ultimamente a demanda de licitações tem sido alta, considerando que nem sempre os processos chegam prontos (corretos) até nós, então estamos com dificuldades em cumprir o cronograma, ou seja, fizemos uma programação para que não atrasassem as licitações padrão (combustíveis, mat, de expediente, medicamentos, etc…), porém, nossas secretarias estão nos abarrotando de pedidos e, sinceramente, estamos sem condições de atender a todos com a devida rapidez. Se alguém tiver ou souber de algum plano de ação disponível para nos ajudar ficaremos muito gratos.
Abraços,
Nelson

Oi @Nelson, creio que você precisa é um dimensionamento de capacidade.
A ideia é saber quantas licitações vocês podem tocar em paralelo: mínimo, nominal e máximo.
Outra dica é classificar as licitações por porte: simples, padrão e complexa.
Por fim, pode separar também a fase interna da fase externa pois o hh requerido tende a ser diferente.
Afere junto com a equipe em planilha de excel e depois vai refinando com o tempo.
Com isso, você vai poder negociar com as áreas os limites.

1 Curtida

Olá Walter,
Suas sugestões são ótimas, só que aqui, infelizmente, na prática, elas não funcionam.
Nós não temos um departamento de planejamento, nem sequer uma pessoa responsável por isso.
Eu poderia muito bem fazer esse trabalho, só que, devido à demanda de licitações, não posso dispor desse tempo, pois atrasaria ainda mais o trabalho da equipe. Sei que isso pode soar como desculpa para não planejar, mas, nossas secretarias solicitantes não fazem o “dever de casa” e pedem tudo de última hora e tudo “URGENTE”, por isso não conseguimos seguir com nosso planejamento e nem organizá-lo.
O que preciso mesmo é de um “plano de trabalho”. (acho que estou precisando de capacitação)
Abraços,

Oi, @Nelson, tudo bem. Como gestores, sabemos o sapato que conseguimos calçar. #Tmj! :slight_smile:

Nelson!

Eu sei que infelizmente alguns órgãos têm um nível bem baixo de cultura de planejamento.

No entanto, penso que se vocês fizerem um planejamento de capacidade e divulgar para as demais áreas, ganharão um tempo precioso, que será usado de forma melhor, atendendo às demandas de fato necessárias.

Ou seja, invista algum tempo em um mínimo de planejamento, pois ele reverterá em maior capacidade operacional e não só em mais um trabalho a ser feito, junto com tantos outros já existentes.

Prezado,

Acredito que seria interessante:
a) fazer um Plano Anual de Contratações;
b) fazer um mapeamento do metaprocesso de compras na sua organização;
c) fazer uma norma interna definindo competências e atribuições;
d) definir um setor para realizar o planejamento da contratação.

Como sugestão de leitura, indico o livro de Governança nas Aquisições do Fenili.

Caso tenha dúvidas mais específicas, compartilhe aqui, é um tema pelo qual me interesso também.

Boa sorte,

Carlos Cox
MPRN