Execução de serviço após término da vigencia

Já é pacificado que podem ser pagas faturas após o encerramento do contrato, porém tenho dúvidas quanto ao início da execução em um contrato de mão de obra, sem dedicação exclusiva de mão de obra, cuja vigência está por terminar.

No caso, os serviços devem ser iniciados antes do término da vigência ou a simples emissão de uma ordem de serviço validaria este pagamento após sua vigência.

Exemplo, se temos um contrato de manutenção de ar condicionado que vence em 30/11/2020, poderíamos emitir uma O/S pazer manutenção preventiva de todos os aparelhos de ar condicionado de uma unidade, em 15/11 mesmo sabendo que esse serviço levará cerca de 3 meses para ser concluído?

Neste caso, havendo está possibilidade, na Ordem de Serviço deveria estar consignado o prazo de execução?

Rodrigo, me parece que são coisas bem diferentes: (a) pagar fatura depois que o contrato acabou; (b) executar serviço depois que o contrato acabou.

Até onde sei, a liquidação da despesa (recebimento do objeto contratual) deve ocorrer dentro da vigência pactuada. O pagamento é que pode ficar para depois.

No caso hipotético que vc citou, não me parece viável que os serviços continuem sendo executados depois que o contrato encerrou. Lembrando que há uma discussão técnica sobre a diferença entre contratos “por escopo” e “por prazo”.

1 Like