Estimativa de preços para plano de saúde

Prezados, boa noite,

Existe alguma instrução normativa, algum acórdão do TCU, site específico ou coisa similar que oriente a maneira de estimar valores para contratação de assistência médica empresarial (plano de saúde)? Pergunto pois, toda vez que precisamos levantar preços, passamos perrengue porque as corretoras não encaminham proposta por não participarem de licitação; as operadoras não perdem tempo com propostas estimativas antes do certame licitatório em si; sendo assim, por nenhum deles estar disposto a gastar recursos e perder tempo encaminhando orçamentos “na base da amizade”, gelamos toda vez que precisamos cotar este serviço, seja para renovação ou, pior, para lançamento de novo edital.

Como vocês lidam com isso em seus órgãos?

Agradeço desde já!

Fernando Soares
CREA-RJ

Fernando!

A pesquisa com fornecedores é só uma das fontes de preços que você pode usar.

Veja o que fixa a IN 5/2014 acerca disso: https://www.comprasgovernamentais.gov.br/index.php/legislacao/instrucoes-normativas/301-instrucao-normativa-n-5-de-27-de-junho-de-2014-compilada

Sugiro que procure por sites especializados e preços praticados por outros órgãos.

1 Like

Bom dia, Ronaldo,

Tentamos procurar no Painel de Preços, no Licitações-e, no SIGA e outros similares. Ocorre que é praticamente impossível encontrar licitações cujo edital tenha nível de similaridade suficiente para embasar, com segurança, a pesquisa (peculiaridades como quantidade de vidas, faixa etária, benefícios característicos de cada plano etc), e sempre corremos o risco de, ou subestimar o valor e fracassarmos a licitação, ou superestimar a estimativa, o que causaria um aumento considerável da receita do Conselho, dado o porte do contrato. Sendo difícil conseguirmos uma, imagine três.
Conseguimos aplicar a IN bem em casos genéricos, mas neste tipo de contratação, fica bem difícil, assim como no caso de estimativas para construção civil, terceirização e TI… mas, nestes casos, há orientações e INs específicas para auxiliar nas pesquisas.

De fato, Fernando, a pesquisa no Painel de Preços via de regra é bastante dificultosa, por conta de erro de inserção de dados no Aviso de Licitação, por falhas no catálogo etc.

Mas penso que ainda assim é menos dificultosa do que a pesquisa com fornecedores.

Prezado Fernando entre em contato, estou montado uma licitação e consegui montar uma boa referência de preços.

11 3243-5527

image001.jpg

@Maike_Marques esse é o espírito GestGov!

Prezados, boa tarde,
Solicito a gentileza de auxiliar na busca de atas de registro de preços vigentes para a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de Plano de Saúde.
Atenciosamente,

Marta Sampaio de Freitas
ANALISTA EXECUTIVO

Coordenadora de Apoio Operacional
Superintendência de Suprimentos
Subsecretaria de Logística
Secretaria de Estado de Casa Civil e Governança

Av. Erasmo Braga, 118 - 8º andar
Centro - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 20.020-000

55 21 2333-3336

Marta,

O Comprasnet e Painel de Preços ajudam muito na formação do preço de referência, especialmente por meio de anexos de propostas homologadas recentemente para usar como fonte da pesquisa. Para serviços, os mecanismos de cálculo (Média, Mediana, Mínimo, Máximo) do Painel de Preços não ajudam muito, pois há grande variação possível nas especificações. O importante, nesse caso, são os anexos de propostas, combinados com o Termo de Referência.

Como encontrar Termos de Referência e anexos de propostas homologados?
Há duas formas básicas:
**(1) Pesquise editais **em http://comprasnet.gov.br/acesso.asp?url=/ConsultaLicitacoes/ConsLicitacao_texto.asp
Ali você pode filtrar somente editais que podem te ajudar na comparação de preços praticados.

Você pode pesquisar, no seu caso, por exemplo, as palavras “plano” e “saúde”
Os editais que atenderem ao seu filtro serão mostrados por ordem cronológica (o mais recente primeiro)

Para baixar o edital (e o TR), clique no botão “Edital” de cada ocorrência da pesquisa

Copie os dados de Pregão e UASG do que te interessar, abra outra aba ou página e vá em http://comprasnet.gov.br/acesso.asp?url=/livre/pregao/ata0.asp

Filtre com os dados de Pregao e UASG

Algumas não terão resultado, porque, provavelmente, são muito recentes

Vá tentando até encontrar alguma(s) com resultado

Ao conseguir, entre na página da Ata, entre em “Resultado por Fornecedor”, pra saber quem ganhou o item que você está procurando

Depois, clique em “Anexo de Proposta” e baixe a proposta mais recente da empresa vencedora

Assim, você pode baixar várias propostas homologadas que podem formar sua fonte de referência para a sua pesquisa de preços.

(2) Pesquise no Painel de Preços em http://paineldeprecos.planejamento.gov.br/analise-servicos

Filtre o que está procurando, usando, por exemplo os campos “Ano da Compra”, “Descrição” e “Descrição Complementar”

Eu uso bastante, especialmente para serviços, o filtro visual da aba “Quantidade de fornecedores” para limitar a uma região ou estado

Avance a análise.

Selecione os estados de interesse no mapa

Avance a análise

Avance a análise

Vai aparecer uma planilha detalhada dos resultados

Clique no icone do “olho” nas Opções (canto esquerdo da planilha)

Vai abrir uma página nova, detalhando a licitação que você selecionou

Anote o nome do fornecedor

Clique em Informações Adicionais da ATA

Depois, clique em “Anexo de Proposta” e baixe a proposta mais recente da empresa vencedora

Essas são as melhores formas que conheço atualmente para obter preços praticados na Administração Pública para compor pesquisas de serviços.

Espero ter contribuído.

Muitíssimo obrigada, Franklin. Contribuiu muito!