Compra de livros em formatos pdf pela Administração Pública

Boa tarde,
Gostaria de saber se algum dos colegas teve ou conhece alguma experiência de compra de e-books pela Administração. Os e-books revelam-se mais econômicos e sustentáveis, por não necessitarem de armazenamento, não gastarem papel e não demandarem espaço para armazenamento.

Estou pensando em sugerir essa mudança aqui onde trabalho, porém, não encontrei nada a respeito, se alguém puder ajudar.

Desde já agradeço.

Adriano!

Já vi contratação de acessoa a acervo digital, não fornecimento de e-book em si.

O acesso às normas da ABNT, por exemplo, é assim. A Diretoria Técnico-Científica da PF (perícia criminal federal) contrata pelo direito de acesso e não pelo texto impresso ou eletrônico.

Veja esse contrato do STF, por exemplo: http://www.stf.jus.br/portal/contaPublicaContrato/contratos/CT00262017CT.pdf

A UnB também parece ter alguns contratos desse tipo: https://www.bce.unb.br/contratos/

Sugiro leitura desse material da UFF sobre compra de e-book pelo setor público:

https://www.google.com/url?sa=t&source=web&rct=j&url=http://www.ndc.uff.br/sites/default/files/arquivos/secoes/Aquisi%25C3%25A7%25C3%25A3o%2520E-BOOKS%25202015%2520%255BModo%2520de%2520Compatibilidade%255D.pdf&ved=2ahUKEwi3h6mbvr_jAhX2CrkGHRarAwQQFjAAegQIARAB&usg=AOvVaw3PZbnGtDubN7OD3BNYoYYT

2 Curtidas

O Ricardo Porto e sua brilhante equipe… sempre nos trazendo ótimas lições e práticas!

Obrigado, irei dar uma olhada!

Aqui no Tribunal, contratamos acervo digital mas é apenas de livros e publicações da Ed. Fórum. Paralelo a isso, todo ano temos licitações para compra de livros.