Utilização da tabela Audatex

Posso utilizar a tabela AUDATEx nas licitações que têm o maior desconto sobre tabela como critério de julgamento? Eu não poderia usa-lá pelo fato de não ser tabela da fabricante/montadora? Com a adoção da tabela AUDATEx não estaria criando uma obrigação para os fornecedores, trazendo um custo adicional na aquisição da referida tabela para a empresa poder participar do certame? Por ser uma tabela de uma empresa privada os seus dados não poderiam ser manipulados? O que garantiria a sua confiabilidade?

1 Like

Marcelo, sugiro a leitura do Caderno Avaliação de controles internos: frotas públicas do Programa Aprimora, do TCE-MT, disponível em
https://www.tce.mt.gov.br/publicontas/detalhePublicacao?publicacao=240

Esse material aborda diversos aspectos de controles da Gestão de Frotas, incluindo os mecanismos de planejamento das licitações.

Outra sugestão é dar uma olhada no histórico do Nelca 1.0, pesquisando a palavra “Audatex”. Já falamos bastante disso por lá, em:
https://groups.google.com/g/nelca/search?q=audatex

Em especial, recomendo a leitura desse tópico: https://groups.google.com/g/nelca/c/YdDpEXLkW6Y/m/3ARPdexzBAAJ

Entretanto, lá se vão 3 anos desde essa conversa que citei. As coisas podem ter evoluído.

1 Like

Franklin, obrigado. Lerei o material.

1 Like

O Desembargador Jessé Torres escreveu um artigo sobre quarteirização: gerenciamento de frota. Neste artigo ele recomenda utilizar “maior desconto sobre o preço público sugerido pelas montadoras e praticado pelas concessionárias autorizadas”. Você não deve mencionar tabela audatex no TR. O ideal é mencionar que o desconto é sobre o preço público e pode ser comprovado através da tabela audatex, órion ou cília, que são softwares que compilam estas informações junto as montadoras e geralmente são utilizados por seguradoras.

Você poderia me indicar um Edital que aplicou essa forma de seleção e contratação?