Serviço de Manutenção ferroviária - IN 05 OU SINAPI?

Estou montando um processo de contratação de serviço de manutenção da infraestrutura de uma linha férrea ( que inclui itens de roço, capina, escavação, poda, transporte em caminhão basculante etc). Na prática, esses contratos (na empresa em que eu trabalho) funcionam como regime exclusivo de mão de obra. Gostaria de saber se devo obrigatoriamente usar a IN05 ou posso fazer a planilha de preços toda baseada no SINAPI como se fosse a contratação deum serviço de engenharia?

Eros,
Vou me atrever a responder a sua pergunta . Creio que se o objeto contratual desse contrato é a manutenção da infraestrutura férrea e os diversos itens que o compõem não necessitará de dedicação exclusiva de mão de obra e sim parcial, ou seja, a mão de obra que a empresa recrutará será identificada mas não exclusiva, tendo em vista que o roço, escavação etc, fará parte do trabalho em determinados momentos, perfeitamente possível usar a Sinapi e pagar pelos serviços prestados. Já para os demais contratos cujos objetos trata-se de fornecimento de mão de obra para capina, roço, etc daí sim aplica-se a IN5. Se eu fosse planejar esta contratação de “manutenção de infraestrutura férrea” eu focaria no resultado obtido, preveria IMR-Instrumento de Medição de Resultado para avaliar qualidade do serviço e pagaria pelo serviço. Fugiria de fornecimento de pessoas, conta vinculada, etc A menos que a necessidade exija a disponibilidade integral da mão de obra em regime DEMO. Se não exigir, foge dela!!!