Mentoria em Gestão de Riscos

Mais uma mentoria concluída, dessa vez para os servidores do município de Diamantina - MG.
É uma imensa satisfação poder contribuir com a capacitação e o desenvolvimento de servidores municipais.

1 Like

Este CANVAS ficou muito legal. Gostaria de conhecer mais sobre 7a dinâmica para seu preenchimento. Parabéns pela iniciativa.

1 Like

Olá, @elias_carvalho!

O Canvas de Riscos é uma ferramenta visual e colaborativa, proposta inicialmente pelo Bruno Affonso, do Ementário de Gestão Pública.
Disponível em:

Fizemos a adaptação para uso nas Mentorias da RGB e usamos da seguinte forma:

  1. Ambiente Interno: Comece pelo Ambiente Interno, pois ele estabelece a base para o gerenciamento de riscos. Analise os fatores internos que influenciam a cultura organizacional, a estrutura de governança, os valores éticos, a conscientização dos riscos e a atribuição de responsabilidades.

  2. Fixação de Objetivos: Em seguida, passe para a Fixação de Objetivos. Identifique e defina claramente os objetivos estratégicos, financeiros, operacionais e de conformidade da organização. Esses objetivos servirão como base para a identificação e avaliação dos riscos.

  3. Identificação de Eventos: Após estabelecer os objetivos, concentre-se na Identificação de Eventos. Identifique os eventos internos e externos que podem afetar a capacidade da organização de atingir seus objetivos. Esses eventos podem incluir ameaças, oportunidades, mudanças regulatórias, tecnológicas ou de mercado.

  4. Avaliação de Riscos: Com base na identificação de eventos, avance para a Avaliação de Riscos. Avalie a probabilidade e o impacto de cada evento identificado. Classifique os riscos com base em sua significância e prioridade para a organização. Essa avaliação ajudará a direcionar as ações de resposta aos riscos.

  5. Resposta aos Riscos: Em seguida, foque na Resposta aos Riscos. Desenvolva estratégias e ações para mitigar, evitar, transferir ou aceitar os riscos identificados. Identifique controles e medidas preventivas que possam reduzir a probabilidade ou o impacto dos riscos.

  6. Atividades de Controle: Após definir as ações de resposta aos riscos, concentre-se nas Atividades de Controle. Identifique e implemente os controles internos necessários para gerenciar os riscos de forma eficaz. Esses controles podem incluir políticas, procedimentos, segregação de funções, monitoramento e treinamento.

  7. Informação e Comunicação: Em seguida, aborde o componente de Informação e Comunicação. Estabeleça um processo para coletar, compartilhar e comunicar informações sobre os riscos dentro da organização. Garanta que as partes interessadas relevantes recebam informações oportunas e precisas para apoiar a tomada de decisões.

  8. Monitoramento: Por fim, concentre-se no componente de Monitoramento. Desenvolva um sistema para monitorar continuamente a eficácia do processo de gerenciamento de riscos. Realize revisões periódicas, avalie a implementação dos controles e faça ajustes conforme necessário.