Canvas de Risco

3 Likes

O uso de ferramentas colaborativas √© uma experi√™ncia muito engrandecedora, que permite aos servidores se envolverem mais diretamente nas atividades, discutirem ideias e, assim, chegar a respostas e constru√ß√Ķes muito mais poderosas do que o desenvolvimento tradicional individual. Especialmente na √°rea de compras, pelas experi√™ncias que tive, estruturar projetos, analisar problemas, identificar solu√ß√Ķes, estruturar termos de refer√™ncia s√£o algumas das dimens√Ķes que tiveram um ganho extraordin√°rio em usar tais ferramentas para colocar os grupos em mais intera√ß√£o. E melhor, totalmente alinhado com as boas pr√°ticas, dialogando com os instrumentos regulamentados com ETP, riscos, TR e tornando mais din√Ęmica um √°rea que muitos v√™m como engessada e burocr√°tica. Parab√©ns ao Ement√°rio, ao Bruno e a todos que ousam‚Ķ Abs

4 Likes

Sempre acreditei nessas metodologias mais interativas e incrementais em contraponto ao tradicional (e muitas vezes ineficiente) modelo serial.

2 Likes

Que bacana pessoal.

Tamb√©m acredito muito em modelos h√≠bridos, que utilizem formas gr√°ficas e visuais para acelerar os processos. Esses modelos potencializam o engajamento e tornam os trabalhos mais flu√≠dos devido sua pegada l√ļdica. Tornam o esfor√ßo das a√ß√Ķes em trabalhos colaborativos menos oneroso e permitem que dediquemos nossas energias em trabalhos anal√≠ticos.

Tamb√©m elaborei meu Risk Model Canvas - RMCanvas e utilizo ele baseado num modelo √Āgil de 4 passos para gerenciar riscos:

1 Like

Isso ficou excelente. Parabéns Walter.