CGU contrata serviços de “colocation” do Serpro

No dia 30 de dezembro de 2019, o Serpro foi contratado pela Controladoria-Geral da União para prestação de serviços de colocation . Em linhas gerais, a CGU vai contratar a estrutura da estatal para hospedar seus servidores. Além do aluguel do espaço físico e lógico, o acordo de colocation inclui vários outros serviços como controle de acesso, sistema de refrigeração, fornecimento de energia elétrica, monitoração por circuito fechado de TV, detecção e combate a incêndios.

“É uma modalidade de contrato vantajosa para a administração pública, que economiza os altos recursos exigidos para criação e manutenção de um Data Center”, explica o supe rin tendente de Relacionamento com Clientes de Governo Digital do Serpro, Bruno Vilela. Segundo estimativa da Secretaria de Governo Digital, o governo federal ainda possui 133 Data Centers em diferentes órgãos da administração pública.

1 Like

Acredito neste pensamento para otimização dos espaços do governo. Desejo que o Governo se veja e seja visto como uma coisa só para que os órgãos públicos otimizem seus recursos diversos para atender melhor à sociedade, com eficiência e com economia.

2 Likes