Objeto entregue divergente do edital causa rescisão?

Bom dia, gostaria de sanar uma dúvida.

Adquirimos um servidor de arquivos por intermédio de pregão eletRônico o qual se encontra devidamente homologado e contrato devidamente assinado. Recentemente recebemos o objeto e o fiscal do contrato me enviou um relatório informando algumas divergências do objeto em relação ao quanto exigido em Edital/Termo de Referência, divergências estas que implicam em graves problemas para a prestação do nosso serviço.

Gostaria de saber se esse motivo seria o suficiente para rescindir unilateralmente o contrato, resguardada a ampla defesa e contraditório? E, se positivo, daria para cancelar a homologação e habilitar o segundo colocado?

Desde já, agradeço imensamente.

Olá, @JulianaHoltz

Me parece que o caso merece, primeiro, interação com o contratado. Falhas na execução podem ser sanadas, a depender da situação. A rescisão unilateral pode ser alternativa (Art. 78, II da 8666) mas deve ficar comprovada a defesa e contraditório. Se for o caso de inexecução de fato, não se esqueça que deve ser aberto processo de responsabilização da contratada.

Esse motivo não me parece dar ensejo a cancelar a homologação. A licitação já acabou. Agora, restam os remédios da execução contratual, como o previsto no inciso XI do Art. 24 da 8666 (remanescente)

Espero ter contribuído.

Querido @FranklinBrasil , bom dia!

Agradeço muito, com certeza contribuiu. Faremos exatamente dessa forma, oportunizei a empresa a sanar as falhas da execução, dei prazo, e em caso de não cumprimento darei início ao processo de rescisão utilizando o inciso XI para contratação do segundo colocado.

Mais uma vez, obrigada!