Estudo STF em que 5,55% dos empregados são demitidos pelo empregador fl 187?/199

Pessoal, alguém tem aquele estudo feito pelo STF em que 5,55% dos empregados são demitidos pelo empregador?

Nunca vi. Recomendo o estudo da CGU que avaliou dados detalhados do CAGED de contratos de limpeza e vigilância.
Relatório de Auditoria
RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO POR ÁREA DE GESTÃO Nº 3
GASTOS DO GOVERNO FEDERAL COM TERCEIRIZAÇÃO
DE SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA, LIMPEZA E CONSERVAÇÃO PREDIAL

Disponível em: https://eaud.cgu.gov.br/relatorios/download/866870

Chama atenção o percentual de desligamento a pedido.
O total de desligamento Sem Justa Causa, na limpeza, representava 57% e na vigilância, 50%.

image.png
image.png872×426 124 KB

image.png
image.png872×424 125 KB

A CGU, nesse relatório, apontou espaço para aperfeiçoar as estimativas da Conta Vinculada. Quem se desliga a pedido, não recebe a multa do FGTS.

Uma das recomendações foi revisar a metodologia, levando em “consideração do percentual médio de demissões por justa causa dos setores no cálculo da provisão para 13º salário e para rescisão contratual; consideração das estatísticas existentes sobre o percentual de desligamentos a pedido e seu reflexo na provisão para a multa de 50% sobre o saldo do FGTS.”

E isso foi antes da Reforma Trabalhista, que pode ter afetado as estatísticas.

1 Like

o SINAPI tem esses cálculos de rotatividade de trabalhadores detalhados e com memória de cálculo para o setor da construção civil, acredito que seja bem tranquilo replicar a mesma metodologia pra outros ramos de atividades

vide a memória de cálculo em https://www.caixa.gov.br/Downloads/sinapi-encargos-sociais-memorias-de-calculo/MEMORIA_DE_CALCULO_ENC_SOCIAIS_A_PARTIR_DE_NOVEMBRO_2019.pdf