Duvida sobre empate ficto; qual proposta considerar como parametro

Olá. Tive aqui a seguinte situação:
Após a desclassificação das quatro primeiras colocadas em um pregão eletrônico, pois os produtos não atendiam ao termo de referência, a arrematante era uma empresa de grande porte, classificada e habilitada. Diante disso, antes de eu declará-la vencedora, uma ME/EPP, com proposta dentro da margem dos 5% com relação à da atual arrematante, solicitou que eu a convocasse para desempatar.
Assim, fiquei na dúvida: 1) Devo convocá-la? Tendo em vista que já houve a convocação de ME/EPP na sala de disputa do sistema licitações-e do Banco do Brasil; 2) Se sim, ela deverá cobrir qual lance? Hipoteticamente, creio que existiriam quatro possibilidades (no meu caso havia apenas duas): O menor lance de todos (incluindo o inexequível), o menor lance dos considerados exequíveis, o lance da primeira empresa classificada (mas inabilitada) ou o lance da primeira licitante classificada e habilitada?
Essa situação foi inédita para mim, pois geralmente algum dos primeiros colocados consegue se habilitar. Eu já decidi, depois coloco aqui o que fiz, mas creio que essa é uma questão interessante para pensar. Não consegui achar muita jurisprudência sobre isso.
Obrigado.